Menu
 


Banner
5 dicas para evitar roubadas em Praga
Publicado em: 18/04/2016

Hoje estamos completando 60 dias na estrada com o motorhome aqui na Europa. Estamos na República Tcheca, mais especificamente em Praga e, logo no primeiro dia por aqui, descobrimos algumas coisas que podem pegar os turistas despreparados. Por isso, estas são as nossas cinco dicas para evitar roubadas em Praga.

1 – Câmbio
A moeda na República Tcheca chama-se Coroa, e 1 Euro equivale a mais ou menos 26 Coroas. Descobrimos que o ideal é evitar casas de câmbio, porque praticamente nenhuma é confiável e sempre dão um jeitinho de enganar o turista. Por isso, a melhor maneira de conseguir dinheiro é sacar diretamente em caixas eletrônicos. Só evite máquinas da Euronet, porque a cotação sempre é menor do que a praticada no mercado.

2 – Restaurantes no centro de Praga
Praga é uma cidade extremamente turística e, como qualquer outra do mundo, é lotada de restaurantes “caça-turistas” na área central. Mas aqui há duas particularidades: o preço neste tipo de lugar é três vezes maior do que nos outros mais escondidos e a distância entre eles é muito, mas muito, pequena. Almoçamos num restaurante de comida tradicional a 10 metros de uma das principais ruas de Praga e gastamos o equivalente a 8 Euros por pessoa (prato, acompanhamento e bebida). Nos lugares mais turísticos, a conta não sai por menos de 20 Euros por pessoa. Então a dica é sair das vias principais e explorar os arredores, porque sempre terá uma opção mais em conta.

3 – Conta em restaurantes
Turístico ou não, o pessoal dos restaurantes tenta tirar mais dinheiro turista. Por exemplo, eles cobram pelo couvert. Até aí tudo bem, isso é normal e estamos acostumados. Porém, sabe qual é o couvert deles? Sal, pimenta, azeite e aceto balsâmico em cima da mesa. Você usando isso ou não, será cobrado na conta. Portanto, pergunte ao garçom se eles cobram esta taxa. O pão, comum e gratuito em vários países da Europa, aqui também é cobrado, geralmente por fatias. Na dúvida é sempre melhor perguntar para não ter surpresas na hora de pagar a conta.

4 – Gorjeta para garçons
As próprias pessoas de Praga comentam que os garçons não têm o melhor humor do mundo para atender aos clientes, no entanto, os famosos 10% são comuns na hora de pagar a conta. Mas a dica é: se você não gostar do serviço, não deixe nada, porque é melhor do que deixar menos de 10%. Não aconteceu com a gente, mas ouvimos o pessoal comentar que, se o cliente deixar menos do que os 10%, os garçons ficam ainda mais irritados e podem até xingá-lo.

5 – Transporte público
Praga é bem estruturada em relação ao transporte público e é possível ir para praticamente qualquer região da cidade de ônibus, tram ou metrô. Há várias opções de bilhete, que é vendido de acordo com o tempo de utilização – 30 minutos, 90 minutos, 24 horas e 72 horas. O mesmo bilhete vale para todos os tipos de transporte e você precisa validá-lo apenas na primeira vez. A dica é justamente nesta validação: tem um lado certo para colocar o bilhete na máquina, onde será gravada a data e a hora – no próprio tíquete há uma seta indicando o lado correto. Se você fizer errado e um fiscal descobrir, terá de pagar uma multa equivalente a 30 Euros.


Comentários

Este post ainda não recebeu nenhum comentário. Seja o primeiro!

Comentar