Menu
 


Banner
Praga é a cidade mais bonita da Europa
Publicado em: 22/04/2016

Praga, na República Tcheca, foi a primeira cidade que visitamos como casal em 2011. Cinco anos depois é impressionante o quanto ao menos duas coisas mudaram radicalmente: a quantidade de turistas está gigantesca e – finalmente – todo mundo consegue se comunicar em inglês. Uma coisa que não mudou – ainda bem – é que ela continua sendo uma das cidades mais lindas da Europa.

Muita gente que conhece Praga diz ter se apaixonado automaticamente. E é exatamente isso que acontece. É difícil explicar os motivos deste amor à primeira vista, mas caminhar pelas ruas charmosas, visitar os pontos turísticos, provar a comida e a cerveja locais, apreciar os prédios antigos e as igrejas e até acostumar com o típico mau-humor dos garçons fazem parte da experiência.

Como é hábito não vamos ficar falando de lugar por lugar que vale a pena visitar. Uma boa dica que podemos dar é fazer tours para conhecer melhor a história da cidade. Fizemos dois: o Free Walking Tour geral e o Tour do Castelo. Em ambos você vai conhecer os pontos mais interessantes de Praga e ouvir um pouco sobre tudo o que aconteceu na cidade desde tempos antigos.

Se você não fizer o tour do castelo, dá para ir até lá sozinho e conhecer boa parte do complexo sem precisar pagar nada. Há um ingresso combinado que dá acesso a algumas áreas mais restritas, mas não vale a pena, porque a maioria dos espaços é possível visitar de graça.

A cidade também está cheia de museus, mas optamos por não visitar nenhum desta vez, porque nosso orçamento é limitado e achamos mais interessante investir nos tours.

Sobre restaurantes já falamos no post anterior (clique aqui para ler).

A verdade é que, por mais dicas sobre lugares para ver, Praga é realmente muito bonita e qualquer coisa que você fizer por lá vai acabar gostando e aproveitando, porque a atmosfera, as pessoas, a comida, a cerveja, os prédios históricos e tudo o mais são únicos na Europa.


Comentários

Este post ainda não recebeu nenhum comentário. Seja o primeiro!

Comentar