Menu
 


Banner
Oito lugares para comer e beber em Copenhague
Publicado em: 23/05/2016

Sempre que são divulgadas pesquisas sobre qual é o povo mais feliz do mundo, os dinamarqueses estão em primeiro ou segundo lugar. Quando você passa uns dias em Copenhague fica fácil entender os motivos pelos quais eles são tão felizes, principalmente considerando o fator comida e bebida.

A cidade é cheia de lugares interessantes para comer e beber. Cervejas artesanais, altíssima gastronomia – Copenhague é a cidade com o maior número de restaurantes com estrelas Michelin no mundo -, gastronomia tradicional, vinhos e mais uma oferta incrível de espaços para matar a fome e a sede.

Obviamente não tivemos tempo de conhecer tudo, mas aí vai a nossa lista com oito lugares que você com certeza deve quando visitar a cidade.

Rámen to Biíru
Sem dúvida o melhor lámen que já comemos na vida. O restaurante é da cervejaria Mikkeller – a craft beer mais famosa da Dinamarca – e é tudo inspirado nas casas japonesas que servem a receita, inclusive o chef é japonês e não fala uma palavra de inglês nem de dinamarquês.

Você chega e escolhe o que quer comer numa máquina, que imprime o seu pedido e você paga no caixa. São basicamente duas opções de lámen: shoyou e apimentado. Ambos são servidos com carne de porco e noodles, além de poder acrescentar mais pimenta ou ovos extras. Para acompanhar você pode escolher entre oito opções de chopes da Mikkeller, incluindo um produzido especialmente para o restaurante.

Øl & Brød
Outro restaurante da cervejaria Mikkeller, cujo foco é a releitura dos clássicos da culinária dinamarquesa. O menu é enxuto – duas entradas, quatro pratos principais e três sobremesas –, mas extremamente bem executado. Destaque para o pescoço de porco com legumes, uma delícia.

Como não poderia ser diferente as opções de cervejas são ótimas – 10 chopes Mikkeller frescos para acompanhar os pratos.

Københavner Cafeen
Localizado na área central, a obrigação é provar os chamados smorebrods. São basicamente pequenos sanduíches com ingredientes variados. É a comida mais tradicional da Dinamarca. Os mais indicados são peixes – crus, defumados ou fritos – acompanhados de picles ou molho tártaro, tudo servido com um pão preto cheio de sementes de abóbora.

Se você optar pela opção que eles recomendam, receberá uma bandeja lotada de coisas – de peixe cru a club sandwich. É uma mistureba, mas bem gostoso.

Amass
Eleito o 66º melhor restaurante do mundo pela revista Restaurant, o Amass é um dos restaurantes mais interessantes que já visitamos. O prédio é super bacana, como se fosse um galpão antigo todo aberto e com um pé direito altíssimo, numa área bem industrial e afastada do centro.

A comida é extremamente moderna e refinada, com técnicas e ingredientes incríveis. A única questão é o preço, que pode ser um pouco salgado – 120 Euros por pessoa pelo menu de sete pratos harmonizado com quatro taças de vinho -, mas se o seu orçamento permitir, com certeza vale a pena.

Relae
Outro restaurante de alta gastronomia em Copenhague – ocupa o 45º lugar na lista de melhores do mundo. É um pouco mais barato que o Amass – 80 Euros por pessoa pelo menu com oito pratos, mas a comida é igualmente ótima.

Ambos os restaurantes trabalham com o conceito de utilizar ingredientes locais e frescos, então o menu sempre está mudando para aproveitar o que há de melhor em cada período do ano. Se o seu orçamento permitir, com certeza vale conhecer os dois.

Mas reserve ambos com antecedência, porque não é fácil conseguir uma mesa.

Mikkeller and Friends
Neste endereço da cervejaria dinamarquesa o negócio é cerveja. São 40 torneiras de chopes variados, sempre com convidados de várias partes do mundo. Quando visitamos o bar, os grandes destaques eram: Arrogant Bastard Ale – a cerveja que o Cesar mais gosta no mundo – e a Firestone Walker Sucaba, ambas americanas.

Se tiver qualquer dúvida na hora de escolher, pode contar com a ajuda da equipe, que é bem treinada.

Warpigs
Outro espaço da cervejaria Mikkeller – sim, gostamos tanto dos outros que acabamos conhecendo mais um. O esquema é simples: churrasco texano e 20 opções de chopes. A carne é muito saborosa, com destaque para o peito bovino e a costela de porco.

A maior parte das cervejas é produzida no próprio pub e tomá-las frescas é uma das vantagens de visitar o lugar. Um dos nossos preferidos na cidade.

Bertels Salon
Não somos fãs de lugares que as pessoas indicam como sendo o melhor da cidade, mas dessa vez tivemos de nos render. Este com certeza é a melhor cheescake de Copenhague, senão uma das melhores que já provamos na vida.

Há opções variadas, desde o clássico até invenções, como cheescake de brownie de chocolate com morangos, uma delícia.


Comentários

Este post ainda não recebeu nenhum comentário. Seja o primeiro!

Comentar