Menu
 


Banner
Museu do Lúpulo na Alemanha
Publicado em: 20/02/2016

Um dos lugares que o Cesar mais queria visitar é a área de Hallertau, na região da Baviera, sul da Alemanha. Mais especificamente a cidade de Wolnzach, onde está instalado o Museu do Lúpulo. Não sabemos se era a expectativa muito grande ou o fato de o Cesar já conhecer um pouco da história e cultivo da planta, mas na prática o lugar não é muito interessante.

Claro que se você não conhece nada vale a pena, mas para quem já tem algumas informações não chega a surpreender. Primeiro porque está tudo em alemão. Eles até oferecem um audio guide em inglês, mas não gostamos muito disso e acabamos não pegando.

Na prática, há informações sobre o histórico da região, que é uma das maiores produtoras de lúpulo do mundo, e o avanço tecnológico do cultivo e colheita da planta. Na lojinha tem alguns produtos derivados, como licor e até um macarrão, isso sim surpreendente.

Surpreendente também é o crescimento do lúpulo: até abril praticamente não há nada nas plantações, no entanto, quando começa a época ideal, a planta, que é uma trepadeira, cresce uma média de 15 centímetros por dia, chegando até os sete metros de altura, quando finalmente é colhida. A colheita ocorre em meados de setembro e a planta é processada para a produção dos subprodutos ou a transformação em pellets, que é o formato mais utilizado na produção de cervejas.

Dependendo do caminho que você fizer para chegar ao museu, vai percorrer estradas rurais com plantações de lúpulos por todos os lados. Nesta época, fevereiro, ainda não dá para ver a planta em si, mas é possível observar toda a estrutura de madeira para sustentar o lúpulo quando ele crescer.

A entrada custa 5 Euros para adultos e é um programa bem turístico. Para quem estiver passando por ali, vale a pena conhecer e dar uma volta na cidadezinha de Wolnzach, que é um charme.

Inclusive, almoçamos num restaurante super tradicional praticamente ao lado do museu, com cervejas da Augustiner e comida local, chamado Gasthof zur Post. Se estiver por ali, vá visitar porque é certeza de comer bem e gastar pouco, com pratos enormes custando em média 10 Euros, e 500 ml de cerveja por 2 Euros.

Estamos com um pequeno problema no slideshow, por isso ainda não colocamos as fotos. Assim que for resolvido, a gente posta.


Comentários

Este post ainda não recebeu nenhum comentário. Seja o primeiro!

Comentar