Menu
 


Banner
Um dia incrível na cervejaria Hofstetter e no mosteiro Stift Engelszell
Publicado em: 22/02/2016

Tivemos o dia mais incrível da viagem até agora. Tudo bem que estamos na estrada há menos de uma semana, mas que dia inesquecível foi conhecer o mestre cervejeiro Markus Thaller e o proprietário da cervejaria Hofstetten, Peter Krammer.

Muito mais do que provar cervejas extremamente bem feitas e saborosas, os nossos anfitrões fizeram de tudo para nos deixar super à vontade, mostrando as instalações, falando sobre as cervejas - sem a frescura que algumas cervejarias brasileiras têm de supostamente esconder segredos -, nos convidando para almoçar com a família e os funcionários da cervejaria e abrindo o mosteiro de Stift Engelszell, onde vivem apenas quatro monges enclausurados.

Normalmente ninguém pode entrar am algumas dependências do mosteiro, como a sala de reza, por exemplo, mas fizeram questão de nos mostrar tudo isso. Não temos fotos desta parte interna por uma questão de respeito aos monges.

Tomar cervejas que não são vendidas no Brasil é um privilégio enorme, mas temos de dizer que o dia pode ser resumido pela hospitalidade de Markus e Peter. Como dissemos a eles no final do dia, não há palavras para agradecer por tudo o que eles proporcionaram, sendo extremamente simpáticos e amáveis.

Por mais que este não seja um post com dicas de viagem, já que a cervejaria nem sempre está aberta à visitação e o mosteiro não é aberto, achamos interessante compartilhar estes momentos com vocês, porque não é todo dia que brasileiros são recebidos com tamanha empolgação em algum lugar.

O resultado de toda a hospitalidade: saímos da cervejaria com 18 garrafas de cervejas, mais duas caixinhas de licor produzidos no monastério e mais uma bolsa para colocar tudo isso. Mesmo insistindo em pagar, eles não deixaram e disseram que estavam felizes em presentear pessoas que foram de tão longe para conhecer a cervejaria e o trabalho deles.

Também vale a pena falarmos um pouco sobre o caminho até chegar à cervejaria, que fica literalmente no meio do nada. É uma zona rural e tudo parece fazenda, seja a própria cervejaria ou as fazendas mesmo. De Freistadt, cidade onde estávamos acampados, até lá gastamos mais ou menos uma hora e meia em estradinhas que mal passa um carro. Imaginem como foi dirigir o motorhome e tentar não sair da pista ou bater nos veículos que vinham em sentido contrário.

A vista foi incrível, com plantações e pastos super verdes. Várias vezes acaba lembrando aquela imagem clássica de fundo de tela do Windows XP.

Não vamos esquecer jamais de Markus e Peter e o dia incrível que passamos juntos!


Comentários

First Class Bus • 01/03/2016 às 14:48
Hi Peter,
It was an amazing day for us and it's how we sad: We don't have words to say thank you for you and Markus. It's was a such honor to be received by you guys.
Thank you very much.
Peter Krammer • 01/03/2016 às 04:44
Hi Silvia and Cesar,
thanks for mentioning us at your blog. Had a real cool and interesting day with you! Wish you both a nice trip and a lot of interesting visits at european brewerys.

:-) Peter
First Class Bus • 27/02/2016 às 12:18
Olá Claudio e Fabíola,
Essa primeira semana foi tudo bem novo para nós, mas tudo correu bem. Realmente estacionar o carro é um pouco complicado, mas tirando isso está tudo ótimo. Já estamos na Croácia e ficaremos uns dias aqui, conhecendo as cidades. Continuem acompanhando.
Cesar e Silvia
Claudio e Fabíola • 27/02/2016 às 09:29
Sílvia e César, A cada dia presenciamos um pouco das histórias vividas por vocês, dos locais e suas paisagens!!! As comidas retratam cada cultural!!! Quais são as impressões da1a. Semana e as perpespectivas para as próximas? Beijos...
Vande • 23/02/2016 às 12:49
Que incrível Silvia e Cesar. Parece que estamos indo junto com vcs. Aproveitem muito. Bjos fiquem com Deus.
Sueli, Teresinha lLma Alves dos Santos • 23/02/2016 às 09:59
DEVE TER SIDO EMOCIONANTE .

Comentar